HOME
POUSADAS & HOTÉIS
RESTAURANTES
ANTIQUÁRIOS
IMOBILIÁRIAS
COMO CHEGAR
ARTESANATO
CONTATO
Pacote Gastronômico da Independência 2017
Pacote Gastronômico da Independência 2017 em Itaipava - RJ
Pacotes de 3 ou de 4 noites em Itaipava - RJ
Pacote Gastronômico de N. S da Aparecida 2017
Pacote Gastronômico de N. S da Aparecida 2017 em Itaipava - RJ
Pacotes de 3 ou de 4 noites em Itaipava - RJ
Pacote Gastronômico de Finados 2017
Pacote Gastronômico de Finados 2017 em Itaipava - RJ
Pacotes de 3 ou de 4 noites em Itaipava - RJ
Dia da Proclamação da República 2017
Dia da Proclamação da República 2017 em Itaipava - RJ
Escapada de 1 noite em Itaipava - RJ
Pacote da Consciência Negra 2017
Pacote da Consciência Negra 2017 em Itaipava - RJ
Pacotes de 3 ou de 4 noites em Itaipava - RJ
Pacote Reveillon Enogastronômico 2017 - 2018
Pacote Reveillon Enogastronômico 2017 - 2018 em Itaipava - RJ
Pacotes de 4 noites em Itaipava - RJ
Pacotes de feriados 2017
pacote de feriado 2017 em itaipava
Veja a lista completa de pacotes de feriados disponível para o ano de 2017
Pacote de Lua de Mel e Bodas 2017
Pacote de Lua de Mel e Bodas 2017 em Itaipava
Escolha Aqui o Melhor Pacote de Lua de Mel
Escapada romântica 2017
pacote escapada romantica 2017 em itaipava
Pacote de 2 (duas) noites para casais eternamente enamorados que desejam acrescentar uma dose extra de romantismo
Jornada gastronômica 2017
pacote jornada gastronomica em itaipava
Duas noites de hospedagem no melhor restaurante de Itaipava
Diária estendida 2017
pacote diaria estendida 2017 em itaipava
Exclusividade: para casais que só podem se hospedar por 1 (uma) noite, mas querem aproveitar ao máximo a permanência na pousada. Diária de até 32 horas, com pensão completa.
O QUE FAZER
Noite em Itaipava
noite em itaipava
Confira tudo que rola nas melhores boates e barzinhos da região mais charmosa da Serra
Gênese do Vale Gourmet

É sempre muito difícil estabelecer com exatidão quando e como tudo começou. Quem foram os responsáveis pela fama nacional de Itaipava como um destino de alta gastronomia ? Por que a região se tornou uma referência para quem busca restaurantes com comida de alta qualidade ?

Gênese do Vale Gourmet Em 1861, D. Pedro II inaugurava a estrada União e Indústria, interligando o Rio de Janeiro à Juiz de Fora e que foi a primeira rodovia macadamiada da América Latina. Itaipava ficava às margens desta estrada e mais ou menos no meio do caminho. Com o passar dos anos, foi se tornando um ponto de parada natural para descanso, para tomar um café, para ir ao banheiro, para consertar um pneu ou abastecer o carro ou caminhão de combustível.

Itaipava poderia continuar sendo mais um ponto de parada, como tantos outros ao longo das rodovias brasileiras. Todavia, a partir da segunda métade do século XX, algumas pessoas construíram aqui restaurantes com gastronomia de destacada qualidade, ajudando a construir a fama hoje consolidada.

Gênese do Vale Gourmet Em 1952, surgiu em Corrêas o primeiro restaurante francês da serra fluminense. Denominado Le Moulin Belle Mounière, era dirigido pelos franceses de nascimento, Suzanne e Jean Dupré. Nas décadas de 60 e 70 tornou-se uma referência gastronômica e eram muitos os cariocas que subiam a serra somente para degustar as especialidades da casa: Chateubriant au sauce Bernaise e o Omellete au Confiture. No final da década de setenta não mais existia.

Gênese do Vale Gourmet Em 1972, surgia o restaurante Tarrafa´s , umas das primeiras churrascarias a servir pelo sistema rodizio do Estado do Rio de Janeiro. O local se tornou um point de Itaipava, especialmente depois que passou a ter “música ao vivo” e shows, com artistas famosos, vindos do Rio de Janeiro especialmente para se apresentar ali, tais como Elizeth Cardoso, Cauby Peixoto, Ronnie Von, Sidney Magal, Beth Carvalho, Roberto Leal, Vando e muitos outros. Certa vez, um programa de televisão chegou a ser transmitido ao vivo dali, o Programa do Chacrinha. No verão de 2001, pouco antes de completar trinta anos de funcionamento, e já em decadência, Tarrafa´s fechou definitivamente as portas. No lugar dele, existe hoje um mini-shopping com o seu nome.

Gênese do Vale Gourmet Em 1978, o casal de portugueses, Guilhermina e Carlos Valentim, resolveu construir um parrô (choupana de palha, em Angola) nos fundos da casa para onde acabaram de mudar, com o objetivo de naquele ambiente simples e despojado oferecerem um legítimo cardápio lusitano. O Parrô do Valentim logo se tornou uma referência de comida portuguesa de alta qualidade e foi o primeiro estabelecimento da região a receber uma estrela do Guia 4 Rodas. Em 2005, a portuguesa Guilhermina já havia entregue a cozinha às senhoras que com ela aprenderam a repetir os pratos. Em 2009, ela e o marido Valentim venderam o restaurante. Em janeiro de 2014 o restaurante continuava lá, no mesmo lugar, servindo os mesmos pratos, com toda a equipe: gerente, garçons e cozinheiras. E o restaurante continua a ostentar a estrela do Guia 4 Rodas,além de contar com a preferência dos clientes, conforme atentam as avaliações do site TripAdvisor.

Detalhe interessante: estes três restaurantes pioneiros tinham em comum o fato de serem dirigidos por casais simpáticos que recebiam pessoalmente os clientes. Além disso, todos eles estavam situados estrategicamente às margens da rodovia federal União e Indústria, única interligação entre o Rio de Janeiro e Juiz de Fora e Belo Horizonte.

Gênese do Vale Gourmet Em 1980 é inaugurada uma nova e moderna rodovia federal para interligar o Rio de Janeiro à Belo Horizonte, a BR-040. Com isso, Itaipava perdeu o tráfego pesado de caminhões e carretas. Isso foi ótimo. O retão de Itaipava deixou de ser um ponto de parada e tornou-se referência como um destino turístico. Rapidamente, Itaipava se expandiu, incorporando o entorno, os aconchegantes vales que se distribuem nas saídas laterais, ao longo da rodovia. Surgiram pousadas aconchegantes, artesãos competentes e produtores rurais dedicados, enfim, um bom número de opções de passeio e de compras.

No que se refere à gastronomia, surgiram dezenas de novos restaurantes. Durante a década de noventa, todavia, quatro restaurantes se destacaram pelo que viriam contribuir para consolidar a região como destino de qualidade internacional.

Gênese do Vale Gourmet Em 1991, a professora Laura Góis vende o seu colégio em São Paulo e muda-se para Corrêas, onde abre a Pousada Alcobaça, no casarão da família de seu marido, Mário Góis. Ali, passa a oferecer uma cozinha bem simples e brasileira, mas elaborada com muito esmero e competência. Interessante observar que somente em 2014 o guia gastronômico Quatro Rodas Brasil viria a reconhecer a cozinha de dona Laura com relevante a ponto de merecer uma estrela.

Gênese do Vale Gourmet No ano seguinte, 1992, o chef e sommelier Danio Braga fecha o seu então famoso restaurante Enotria no Rio de Janeiro e, juntamente com sua mulher Lilian, constrói, exatamente às margens da nova rodovia, a sua casa e o seu restaurante de cozinha italiana, a Locanda della Mimosa. O local vira moda e sonho de consumo de todos os mineiros e cariocas apaixonados por gastronomia e que passam pela estrada, indo ao ou voltando do Rio de Janeiro. Danio apresenta uma culinária requintada, harmonizada com vinhos de qualidade, serviço impecável e, de quebra, a possibilidade de hospedagem em uma excelente pousada. Por justo motivo, seu restaurante, recebeu desde logo três estrelas do Guia 4 Rodas Brasil, tornando-se o único fora das capitais do Brasil a ser agraciado com três estrelas. Em setembro de 2011, todavia, o restaurante foi vendido para o autor de novelas Aguinaldo Silva e o casal Danio e Lilian afastou-se do empreendimento. Chef de cozinha e cardápio mudaram, passando a oferecer cozinha brasileira. O restaurante perdeu duas estrelas, mantendo, portanto, uma estrela.

Gênese do Vale Gourmet Em 1994 foi o momento em que o espanhol Vicente Mas Gonzales, mais conhecido como Paquito, trocou a profissão de arquiteto e a Cidade Maravilhosa pelo ambiente da cozinha e pelos ares de Itaipava ou, mais precisamente, da movimentada União e Indústria. Ali, bem no epicentro, ele abriu as portas do Parador Valência, um verdadeiro templo das paellas e da típica comida espanhola. Também foi agraciado com a cobiçada estrela do Guia 4 Rodas Brasil, mas acabou perdendo-a. Isto não impediu que continuasse operando normalmente. Em 2014, o Parador Valência continua sob a supervisão direta de Paquito e é considerado um dos três melhores restaurantes de Itaipava pelos internautas que oferecem avaliações e opiniões ao site TripAdvisor.

Gênese do Vale Gourmet Fechando o século,em 1999, mais um casal vem para a região de Itaipava e passa a fortalecer a fama já consolidada do Vale Gourmet. O sommelier Gaspar e sua mulher, a chef Erni Vianna trocaram o Rio de Janeiro pela região serrana. O casal procurou uma região rural, o Vale das Videiras. Ali, em um casarão de fazenda, entre carneiros, galinhas d´angola, patos, perus e pavões, instalaram uma pousada e um restaurante temático, a Fazenda das Videiras. Para usar as palavras da revista Veja-RIO, “do nome ao cardápio, passando pela decoração, tudo ali gira em torno da uva e do vinho. O ambiente é requintado e acolhedor.” (cf. edição de 21 de junho de 2006, pág. 21). Servindo pratos tradicionais da cozinha francesa, o restaurante logo foi reconhecido pela revista Viagem como um dos dez melhores restaurantes de comida francesa do Brasil. O Guia 4 Rodas Brasil não tardou em incluir o restaurante na sua constelação de empreendimentos estrelados. Em 2014, o restaurante estava em primeiro lugar dentre os melhores restaurantes de Itaipava, segundo a avaliação de seus clientes, que emitem opiniões no site TripAdvisor.

Impossível precisar quando surgiu e quem utilizou pela primeira vez a expressão “Vale Gourmet”. O certo é que ela não foi criada por nenhum publicitário para promover um restaurante ou marcar uma campanha institucional em torno da região. Ela surgiu espontaneamente para designar a região onde se reúnem pessoas que fazem comida por amor e os que procuram esta região fazendo uma respeitosa contrição à qualidade. Ou seja: a feliz reunião daqueles que gostam de trabalhar com os melhores produtos do mercado com os que não abrem mão de comer o melhor. E, como a expressão é perfeita, ela passou a ser adotada com simplicidade.

Hoje, já no século XXI, a expressão “Vale Gourmet” está consolidada. O “retão de Itaipava” foi gradativamente se ampliando, de forma a abranger bairros como Correias, Nogueira, Bonsucesso e Pedro do Rio. E os vales circundantes, como o Vale Florido, o Vale de Araras, o Vale das Videiras e o Vale do Cuiabá passaram a fazer parte da “Grande Itaipava”.

Em 2002, no final de Araras, o casal Silvia e Oton Junqueira integraram-se aos casais que abandonaram a agitação da cidade grande e se mudaram para a serra e instalaram na própria casa o único bistrot brasileiro especializado em escargots: o Alameda 914. Oton criava e fornecia escargots frescos para quase todos os restaurantes do Rio de Janeiro e era sua mulher, Silvia, que preparava o produto para a entrega. Eles conheciam os principais chefs e daí para se tornarem donos de restaurante foi um pequeno passo. Todavia, em 2008, pressionados por questões de família, optaram por fechar o restaurante e retornar ao Rio de Janeiro.

Gênese do Vale Gourmet Os dois mais novos integrante desta constelação de restaurantes estrelados do Guia 4 Rodas Brasil são o Il Peruggino, de comida italiana, que conta com a assinatura do chefe Sormani Justen, e o restaurante Cocotte Bistrô, de comida francesa, da jovem chefe Manoela Rabin. O primeiro tem uma localização bem central, na Estrada União e Indústria – o chamado “Retão de Itaipava” – e o segundo fica distante, mas ‘vale a viagem” até o Vale do Cuiabá.

Gênese do Vale Gourmet Outros restaurantes, embora ainda não estrelados pelo Guia 4 Rodas, fazem parte do elenco de referências de cozinha de alta qualidade de outros guias, como o Guia Danusia Bárbara de Restaurantes do Rio de Janeiro: o Nikko Sushi, de comida japonesa, e Trutas do Rocio e Funghi d´Oro, respectivamente, especializados em pratos elaborados com trutas e com cogumelos.

Gênese do Vale Gourmet Evidentemente não foram citados todos aqueles que, com sua gastronomia, contribuíram ou ainda contribuem de alguma forma para a formação e consolidação do conceito de Vale dos Gourmets. Deixamos de fora alguns restaurantes que foram fechados, chefes que desapareceram e alguns que foram superados por outros no quesito notoriedade. Falhamos, sem dúvida, por falta de informações mais completas e precisas. Mas aqui está a primeira iniciativa e este é o valor deste trabalho: contribuir para a gênese do Vale Gourmet.




Para retornar a página principal, clique aqui.
© 2010 Itaipava - RJ All Rights Reserved.